1 Fevereiro, 2016

Manifesto

Manifesto em defesa da Cidade Imaginada Parque das Nações

 

Cientes de que nos últimos anos o Parque das Nações tem assistido a uma enorme degradação do seu espaço público, um grupo de cidadãos decidiu dizer “basta!” e mobilizar-se na defesa do projeto urbanístico, cultural e paisagístico que o Parque das Nações pós-Expo’98 foi e que queremos que volte a ser.

Para corporizar essa mobilização e poder ser uma voz ativa junto de quem gere o espaço público, estes cidadãos juntaram-se sob a forma de uma associação sem fins lucrativos denominada A Cidade Imaginada Parque das Nações (ACIPN).

Os objetivos da ACIPN assentam em quatro pilares fundamentais:

  1. Promover a preservação da memória e do legado histórico, cultural, paisagístico e patrimonial da Expo’98;
  2. Cooperar com as entidades gestoras do espaço público, nomeadamente Câmara Municipal de Lisboa e Junta de Freguesia do Parque das Nações, na definição de estratégias de conservação do património, manutenção da qualidade urbana e valorização sustentável do território;
  3. Sensibilizar e mobilizar residentes e trabalhadores para a participação ativa na discussão pública dos problemas na área da gestão urbana do espaço;
  4. Organizar iniciativas de ordem cultural, social, desportivas ou de outra natureza, que contribuam para a divulgação e promoção do local.

A ACIPN é uma associação cívica, cultural e ambiental, sem qualquer orientação politica ou religiosa, que pretende ser parceira de todas as forças que, connosco, pretendam construir um Parque das Nações com os padrões de qualidade a que os habitantes desta Freguesia se habituaram no passado e merecem no futuro.

Não é, nem pretende ser, uma Associação com pretensões de governação do território, mas não se escusará a aplaudir os partidos e movimentos cívicos cujas ações estejam em sintonia com os objetivos da ACIPN, assim como não se coibirá de criticar quem pretender contribuir para a degradação do nosso Parque das Nações.

Como a união faz a força, convidamos todos os Parquenses (moradores e trabalhadores) e restantes amigos do Parque das Nações a juntarem-se a nós e a tornarem-se sócios da ACIPN.

Os sócios fundadores e subscritores do manifesto:

Carlos Ardisson

Célia Simões

Diogo Madaleno

Emília Morgado

Gisela Sá Frias

Gonçalo Castilho Gomes

José Camilo António

Nuno Peralta

Rui Laginha

Rui Sadio

Tânia Fonseca

 

Lisboa, 26 de janeiro de 2016

Facebook