(Des)ervagem no Parque das Nações

Ainda que não exista um consenso quanto ao caráter cancerígeno do glifosato, vários especialistas alertam para os perigos que herbicidas à base daquela substância podem representar para a saúde pública e o meio ambiente. A utilização de glifosato foi suprimida na freguesia do Parque das Nações em 2016. Passaram-se, entretanto, 3 anos e ainda não Ler mais sobre(Des)ervagem no Parque das Nações[…]

Obras no Pavilhão de Portugal

Em 2015, o Pavilhão de Portugal foi entregue, a título definitivo, à Universidade de Lisboa. No protocolo assinado entre o Governo e aquela instituição ficaram estipuladas algumas condições, nomeadamente a impossibilidade de a Universidade de Lisboa entregar o Pavilhão de Portugal a terceiros e ficar ela própria responsável pela sua manutenção. Nessa altura, o reitor Ler mais sobreObras no Pavilhão de Portugal[…]

Combate à mediocridade

(texto publicado na edição nº105 do “Notícias do Parque”) No passado dia 26 de janeiro, a ACIPN comemorou o seu 3º aniversário. Uma data especial, sem dúvida, mas que não nos mereceu festejos. De facto, três anos depois, consideramos que continuam a não existir motivos para festejar. Tudo aquilo que nos levou então a dizer Ler mais sobreCombate à mediocridade[…]

Apelo à preservação do espaço público

Manter o Parque das Nações dotado das condições imprescindíveis para o seu reconhecimento como uma das zonas com melhor qualidade de vida do País no que respeita à qualidade urbana, ao conforto e ao ambiente, é um imperativo de todos. Num território onde a automatização da recolha e transporte dos resíduos para locais centralizados se Ler mais sobreApelo à preservação do espaço público[…]

Árvores mortas em Lisboa no “Portugal em Direto” (RTP)

A RTP transmitiu no programa “Portugal em Direto”, uma reportagem sobre a morte de árvores na cidade de Lisboa, com ênfase no estado do arvoredo da Alameda dos Oceanos e restantes espaços da freguesia do Parque das Nações. A reportagem contou com os depoimentos de Emanuel Sousa, conhecido defensor do património arbóreo da capital, Cristina Castel-Branco, Ler mais sobreÁrvores mortas em Lisboa no “Portugal em Direto” (RTP)[…]

A “lisbonização” da higiene urbana no Parque das Nações

O problema da higiene urbana é uma grande preocupação que afeta toda a cidade de Lisboa e, infelizmente, o Parque das Nações já não é uma exceção. Este território, que até 2013 era um exemplo e uma referência em termos de limpeza e organização do espaço público, tem assistido, nos últimos anos, a uma degradação Ler mais sobreA “lisbonização” da higiene urbana no Parque das Nações[…]

Grandes eventos e o espaço público

Num curto espaço de 3 meses, o Parque das Nações já recebeu 3 eventos de grande dimensão: o Festival da Eurovisão, as comemorações do Jubileu de Diamante do Príncipe Aga Khan e o Festival Super Bock Super Rock. Independentemente da visibilidade e das contrapartidas financeiras diretas e indiretas que eventos deste tipo possam trazer para Ler mais sobreGrandes eventos e o espaço público[…]

Luís Vassalo Rosa (1935 – 2018)

Tomámos conhecimento esta tarde do falecimento do Arq.º Luís Vassalo Rosa, antigo Diretor dos Serviços de Planeamento e Gestão Urbanística da Parque EXPO S.A. e responsável pelo Plano de Urbanização, coordenação e gestão urbanística da Zona de Intervenção da EXPO’98. Vassalo Rosa foi o “pai” daquilo a que hoje chamamos Parque das Nações, uma designação Ler mais sobreLuís Vassalo Rosa (1935 – 2018)[…]

Grande Reportagem Antena 1 – “Cidade Imaginada”

Há quase 20 anos Lisboa ganhou uma nova cidade a oriente, mas ainda há desafios por ultrapassar no lugar que acolheu a exposição mundial de 1998. Falta, por exemplo, um centro de saúde para dar resposta aos cerca de 21 mil residentes do Parque das Nações. Para além disso, esta zona cosmopolita ainda está divorciada Ler mais sobreGrande Reportagem Antena 1 – “Cidade Imaginada”[…]

Intervenção na Sessão Ordinária da Assembleia de Freguesia de 24 de abril

Transcreve-se de seguida a intervenção da ACIPN na Sessão Ordinária da Assembleia de Freguesia realizada no dia 24 de abril: Permitam-me começar por apresentar a ACIPN a este Executivo, dado que ainda não tivemos oportunidade de o fazer e na nossa única interação até ao momento não obtivemos qualquer resposta o que, aliás, vem em Ler mais sobreIntervenção na Sessão Ordinária da Assembleia de Freguesia de 24 de abril[…]

Facebook