A bela mas perigosa erva-das-pampas

A erva-das-pampas (Cortaderia selloana), vulgarmente conhecida por cortadeira, penachos ou plumas, é uma planta invasora que demonstra uma grande resistência ao fogo e mesmo ao corte, tendo-se tornado numa praga difícil de controlar. Originária da América do Sul, mais concretamente das vastas planícies (pampas) da Argentina e do Chile, esta espécie foi introduzida há várias Ler mais sobreA bela mas perigosa erva-das-pampas[…]

Reabilitação do Jardim Hidráulico

Herança da Expo’98, o Jardim Hidráulico, parte integrante dos Jardins da Água, é um espaço de conhecimento e lazer onde podemos ver e interagir com réplicas de equipamentos hidráulicos utilizados por vários povos e civilizações ao longo dos tempos, como o parafuso de Arquimedes, a turbina de Pelton ou o moinho de água. A falta Ler mais sobreReabilitação do Jardim Hidráulico[…]

Abate de choupos no Rossio dos Olivais

Sob o pretexto de que estão inseridos na zona de intervenção de uma empreitada de reabilitação da rede de saneamento, a CML prepara-se para abater sete choupos no Rossio dos Olivais. O pedido de autorização para abate acrescenta que dado o porte elevado das árvores não é possível o seu transplante. Pode depreender-se nas entrelinhas Ler mais sobreAbate de choupos no Rossio dos Olivais[…]

Carta aberta pela preservação das árvores na cidade de Lisboa

CARTA ABERTA PELA PRESERVAÇÃO DAS ÁRVORES NA CIDADE DE LISBOA O Grupo Municipal do Partido Ecologista “Os Verdes” está a promover uma iniciativa pela preservação das árvores na cidade de Lisboa. Esta iniciativa consiste numa Carta Aberta dirigida à Câmara Municipal de Lisboa que será entregue simbolicamente no dia 21 de Março, Dia Mundial da Ler mais sobreCarta aberta pela preservação das árvores na cidade de Lisboa[…]

Combate à mediocridade

(texto publicado na edição nº105 do “Notícias do Parque”) No passado dia 26 de janeiro, a ACIPN comemorou o seu 3º aniversário. Uma data especial, sem dúvida, mas que não nos mereceu festejos. De facto, três anos depois, consideramos que continuam a não existir motivos para festejar. Tudo aquilo que nos levou então a dizer Ler mais sobreCombate à mediocridade[…]

Abate de (mais) árvores na Alameda dos Oceanos

Está prevista para este mês uma intervenção de abate de seis carvalhos (quercus palustris) no troço sul da Alameda dos Oceanos. De acordo com a Divisão de Manutenção e Requalificação da Estrutura Verde da CML, após visita ao local “verificou-se que os exemplares apresentam cavidades abertas na totalidade do tronco, com madeira apodrecida e flecha Ler mais sobreAbate de (mais) árvores na Alameda dos Oceanos[…]

Árvores mortas em Lisboa no “Portugal em Direto” (RTP)

A RTP transmitiu no programa “Portugal em Direto”, uma reportagem sobre a morte de árvores na cidade de Lisboa, com ênfase no estado do arvoredo da Alameda dos Oceanos e restantes espaços da freguesia do Parque das Nações. A reportagem contou com os depoimentos de Emanuel Sousa, conhecido defensor do património arbóreo da capital, Cristina Castel-Branco, Ler mais sobreÁrvores mortas em Lisboa no “Portugal em Direto” (RTP)[…]

As árvores morrem de pé

Um dos fatores mais importantes para a estratégia de recuperação ambiental da Zona de Intervenção da Expo’98 foi a elaboração do Plano de Arborização que se traduziu na plantação de mais de 10.000 árvores em toda a área. Um dos seus maiores méritos foi ter permitido salvar cerca de 500 árvores adultas que pela sua Ler mais sobreAs árvores morrem de pé[…]

Degradação dos espaços verdes no Parque Tejo

O estado de degradação do Parque Tejo tem vindo a agravar-se, ano após ano, à custa de uma manutenção insuficiente, pouco rigorosa e de um desinvestimento numa das zonas verdes de referência da cidade de Lisboa. Os outrora relvados verdejantes, não passam hoje de campos cheios de ervas daninhas e espécies invasoras. E se durante Ler mais sobreDegradação dos espaços verdes no Parque Tejo[…]

Grande Reportagem Antena 1 – “Cidade Imaginada”

Há quase 20 anos Lisboa ganhou uma nova cidade a oriente, mas ainda há desafios por ultrapassar no lugar que acolheu a exposição mundial de 1998. Falta, por exemplo, um centro de saúde para dar resposta aos cerca de 21 mil residentes do Parque das Nações. Para além disso, esta zona cosmopolita ainda está divorciada Ler mais sobreGrande Reportagem Antena 1 – “Cidade Imaginada”[…]

Facebook