Reabilitação do Jardim Hidráulico

Herança da Expo’98, o Jardim Hidráulico, parte integrante dos Jardins da Água, é um espaço de conhecimento e lazer onde podemos ver e interagir com réplicas de equipamentos hidráulicos utilizados por vários povos e civilizações ao longo dos tempos, como o parafuso de Arquimedes, a turbina de Pelton ou o moinho de água. A falta de manutenção nos últimos anos conduziu este espaço a um estado de abandono e degradação.

Foi por isso com entusiasmo que em abril de 2018 assistimos ao início de uma tão aguardada empreitada de reabilitação. Decorrente de uma delegação de competências da CML à JFPN, as obras incluíam a recuperação dos equipamentos hidráulicos, a reabilitação dos passadiços, a impermeabilização dos lagos e a melhoria dos sistemas de circulação da água no que respeita à filtragem bem como à reposição de perdas e adução.

As obras de Santa Engrácia no Jardim Hidráulico

A empreitada tinha um prazo de execução de 180 dias (6 meses). No entanto, um ano volvido, o jardim continua vedado. Os passadiços de madeira já foram reconstruídos e os lagos impermeabilizados, mas não há sinal dos equipamentos hidráulicos e muita da vegetação permanece por repor. Quanto tempo mais teremos de aguardar para poder voltar a usufruir deste espaço tão agradável?

Facebook